O começo do cinema


Auguste Marie Louis Nicholas Lumière (1862–1954) e Louis Jean Lumière (1864–1948) são frequentemente considerados os pais do cinema, patentiaram o cinematógrafo (que era uma máquina de filmar e projetar cinema), invetado na verdade por Léon Bouly, em 1892.

Em 19 de Março de 1895 foi registrada a primeira imagem em movimento com o nome de La Sortie de l’usine Lumière à Lyon (A Saída da Fábrica Lumière em Lyon), onde Louis Lumière acionou a manivela. Oitocentas imagens em 50 segundos, que foram projetadas, três dias depois, numa conferência em Paris. O espanto e curiosidade foi geral.

A partir daí, passaram a ser fabricantes de apareIhos, de películas, produtores e distribuidores de seus próprios filmes. Louis Lumière morreu em 1948 aos 84 anos. Auguste, seis anos depois, com 92. “Cheguei ao fim do filme”, disse poucos dias antes.

 

 

 

 

 

 

 

Abaixo, o filme “A saída da Fábrica” de 1895:

 

 

Curiosidade: O primeiro filme erótico foi produzido um ano após, em 1896, com o nome de “O Deitar da Esposa”, do diretor francês Eugène Pirou. A cena que tem apenas 3 minutos, mostra a atriz nua indo se deitar com o marido. Nada demais se comparado as novelas atuais, mas para a época foi bem interessante, principalmente para os homens.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s